sábado, 23 de maio de 2015

AQUAMAN


NOME ORIGINAL: AQUAMAN
PAÍS: Estados Unidos da América
CRIADOR(ES):  Paul Norris e Mort Weisinger
DATA DA CRIAÇÃO: 1941
PRINCIPAIS INIMIGOS: Arraia Negra e Mestre dos Oceanos (meio-irmão).

PODERES:
- Capacidade de respirar debaixo d'água
- Resistente à mudança constante de pressão
- Imune a veneno de seres marinhos e repteis.
- Telepatia compatível com seres marinhos e, limitadamente, com outros seres vivos, como seres humanos e marcianos;
- Resistência intensa ao frio.
- Sentido sonar (que o permite, dentre outras coisas, localizar com precisão determinadas quantidades de água, algo essencial à sua sobrevivência fora do mar por muito tempo)
- Visão perfeitamente adaptada à falta de luz (útil não somente nas regiões abissais dos oceanos, mas também na superfície, quando à noite ou em lugares pouco iluminados);
- Força, resistência,durabilidade,velocidade e agilidade sobre-humanas. Quando fora da água, onde não está sob efeito das altas pressões submarinas que normalmente enfrenta fica ainda mais ágil e rápido;
- Nado em supervelocidade;
- Fator de cura e de revigoramento extremamente rápido quando em contato com água;
- Uma mão esquerda encantada que permite a Aquaman certo controle mágico sobre as águas, antes havia um gancho/arpão feito de uma liga metálica indestrutível por Vulko, renomado cientista atlante.

FRAQUEZAS: Os pontos fracos do Aquaman ainda são obscuros e inexplorados, mas acredita-se que ele é bem mais fraco quando está fora da água, contudo, sua força ainda assim supera a de um ser humano normal.

HISTÓRICO DO PERSONAGEM: A história tem início numa Gotham City futurista vinte anos após a última aparição de Bruce Wayne como Batman. Depauperado por causa de suas longas noites como defensor da cidade o antigo herói, já septuagenário, vive recluso em sua mansão e tem como única companhia seu fiel cão, Ace. Alheio ao que se passa fora de sua mansão ele nem mesmo acompanha o dia a dia de sua empresa, agora denominada Wayne-Powers e dirigida pelo controverso e inescrupuloso Derek Powers cuja ambição e os métodos de ação em muito se assemelham aos de Lex Luthor. Numa dessas operações escusas a ambição de Powers o faz negociar com um membro do governo kasniano uma toxina biológica capaz de eliminar os dissidentes políticos daquela nação européia, contudo os planos funestos do magnata são frustrados quando um de seus empregados entrega a Warren McGinnis, uma cópia do arquivo sobre as reais intenções de Derek Powers que ciente do risco que corria inquire o Sr. McGinnis sobre a existência de tais dados que nega conhecer sua existência. Nada disso impediu que Warren McGinnis fosse assassinado.
Em meio a esses acontecimentos surge Terry McGinnis, um rapaz de 17 anos que vive com o pai após o divórcio de seus genitores. Antigo interno do reformatório juvenil de Gotham City o jovem Terence exibe traços de rebeldia juvenil e impaciência nos primeiros episódios da série e em decorrência disso sua relação com o pai é conflituosa, tanto que eles chegaram a discutir pouco antes do assassinato deste último. Após o crime Terry passa a morar com a mãe, Mary, e com seu irmão, Matt, um garoto de seis anos. Durante sua mudança ele encontra o disquete com os arquivos de Powers e vai até a Mansão Wayne disposto a compartilhar sua descoberta e é orientado pelo septuagenário Bruce a entregar essa prova nas mãos da comissária Bárbara Gordon, contudo antes que deixasse a mansão descobriu a Batcaverna e por via de conseqüência o segredo por trás do velho Wayne que, furioso, o expulsa de sua propriedade, nada, porém, que o impedisse de retornar aos domínios do antigo defensor de Gotham City e "roubar-lhe" a veste negra de Batman com o fito de impedir mais uma operação escusa de Derek Powers. Finda a aventura, Bruce Wayne resolve fazer do rapaz seu sucessor e como justificativa para tanto contrata o jovem McGinnis como seu assistente pessoal.
 
O HERÓI NA MÍDIA: Durante os anos 1930 e anos 1940 - um período que fãs e historiadores chamam de Era de Ouro dos Quadrinhos - a primeira versão do Aquaman foi criada pelo escritor Mort Weisinger e pelo artista Paul Norris, aparecendo em um recurso de backup na More Fun Comics nº 73-107 da DC Comics. Depois que o periódico deixou as histórias de super-heróis, investindo num título de humor, Aquaman se mudou para a Adventure Comics nº 103-284 (abril de 1946), como um coadjuvante para histórias do Superboy.
Os primeiros personagens coadjuvantes na história do Aquaman foram criaturas do mar, incluindo Ark, uma foca de estimação, que apareceu em várias das aventuras em 1940, e Topo, o polvo de estimação, que apareceu pela primeira vez na Adventure Comics nº 229 (outubro de 1956).
Em maio de 1959, na Era de Prata, o escritor Robert Bernstein e a desenhista Ramona Fradon forneceram uma origem, com personagens tão importantes como Aqualad e Aquagirl, enquanto a arte de Fradon estabeleceu a aparência de Aquaman durante vários anos.
Aquaman continuou a aparecer nas Adventure Comics até a edição de nº 284 (maio de 1961), quando se mudou para a Detective Comics das edições nº 293-300 (julho de 1961-fevereiro de 1962), depois para a World's Finest Comics das edições nº 125-139 (maio de 1962-fevereiro de 1964).
Surpreendentemente, Aquaman levou quase 20 anos para realmente aparecer na capa de uma revista em quadrinhos. Isso não aconteceu até Brave + Bold nº 28 (Estreia da Liga da Justiça, 1960).
Depois de quatro edições testes na bi-mensal Showcase (Fevereiro a Agosto de 1961), Aquaman ganhou sua própria revista (Janeiro de 1962). Esta HQ durou 56 edições. Com Aquaman nº 40, a equipe do artista-escritor Steve Skeates e Jim Aparo trouxe novos níveis de sofisticação para os personagens e às histórias. A série original Aquaman terminou com a edição nº 56.
 Aquaman participaria novamente da Adventure Comics nº 435-437 e nº 441-452, desta vez como a história principal na maioria destas edições.
A série Aquaman foi reiniciada com a edição nº 57 (1977) e durou até a edição nº 63 (1978), quando foi cancelada, ficando sem uma revista oficial por quase uma década.
Aquaman continuou a aparecer na Adventure Comics nº 460-466, quando sua história se mudaram para a World's Finest Comics, nas edições nº 262-264, voltando para a Adventure Comics (pela última vez) nas edições nº 475-478. Apareceu, ainda, em uma história na Action Comics, onde dividia a edição com Eléktron e Air Wave. Durante esse tempo, Aquaman também apareceu em várias séries, tais como Liga da Justiça, Os Bravos e os Destemidos, World's Finest Comics e DC Comics Presents, sempre em parceria com outros super-heróis.
Uma minissérie de quatro edições, Aquaman vol. 2, foi lançada em 1986 (fevereiro-maio) com uma sequência one-shot, Aquaman Especial (1988). Outra one-shot, The Legend of Aquaman nº1 (1989), foi lançada, seguida por uma minissérie de cinco edições, Aquaman vol. 3 (junho-outubro de 1989) e uma segunda série contínua, Aquaman vol. 4, publicou 13 edições (dezembro de 1991 - dezembro de 1992). Nesse ponto, Peter David tornou-se o escritor principal de Aquaman durante vários anos, baseando seu trabalho na longa história de Atlântida, em sua Atlantis Chronicles (1990) de sete edições. Depois de mais uma minissérie, Aquaman: Time and Tide (dezembro de 1993 a fevereiro de 1994, com duas edições no último mês), Aquaman apareceu em seu título solo de maior duração, Aquaman vol. 5, tendo 77 edições de n º 1-75 (agosto de 1994 a janeiro de 2001), mais uma edição nº 0 (outubro de 1994), publicada entre a nº 2 e a nº 3, e uma edição nº 1.000.000 (nov. de 1998), publicada entre a nº 49 e a nº 50. Esta série também gerou cinco anuários, datando de julho de 1995 a setembro de 1999.
Após o cancelamento, a história de Aquaman foi rapidamente desenvolvida no enredo da Era Obsidiana, na Liga da Justiça nº 66-78. A série Aquaman vol. 6 teve 39 edições (fevereiro de 2003 - abril de 2006), antes de ser renovada para Aquaman: Sword of Atlantis, que durou um período adicional de 18 edições, nº 40-57 (maio de 2006 - dezembro de 2007), não tendo mais série própria série desde então.
Atualmente está prevista uma participação do personagem em quatro filmes, sendo o primeiro BATMAN VS SUPERMAN, a ser lançado em 2016. Os outros três são: Liga da Justiça - Parte 1, Aquaman (filme solo) e Liga da Justiça - Parte 2.
 
ALGUNS FILMES, ANIMAÇÕES E SERIADOS:
Animações:
            - The Superman/Aquaman Hour (serie animada) – 1967 à 1968 – 36 episódios.
            - Superamigos (série animada) – 1973 a 1986 – 109 episódios.
- Liga da Justiça (série animada) – 2001 a 2004 – 52 episódios.
Seriados:
            - Smallville (participação) – 2001 a 2011 – 218 episódios.
Filmes:
   - Estão programados quatro filmes com a participação do personagem, representado pelo ator Jason Momoa, a saber:
  - Batman Vs Superman: Dawn of Justice (2016)
  - Liga da Justiça: Parte 1 (2017)
  - Aquaman (2018)
  - Liga da Justiça: Parte 2 (2019)
Video games:
            - Injustice: Gods Among Us. O jogo é para PS 3 e Xbox 360.



terça-feira, 19 de maio de 2015

SUPERGIRL - A Série


Após passar por CW (Arrow e The Flash), FOX (Gotham) e NBC (Constantine), o universo DC desembarcar nas telinhas da CBS, nos Estados Unidos, com a série da SUPERGIRL.
Programada para estrear em Novembro de 2015, a série tem como protagonista a atriz Melissa Benoist e já tem a primeira temporada garantida.
Recentemente, a CBS divulgou o primeiro trailer da série e não economizou. São 6 minutos e meio que não apenas ilustram a conhecida premissa, como antecipam o perfil de Kara Danvers: bela, jovem, simpática, porém ainda imatura e insegura; uma garota de verdade, do nosso tempo, feita para dialogar com o público ao qual se direciona.
SUPERGIRL é a tentativa da DC em ampliar o sucessos que vem conseguindo com as já emplacadas The Flash, Gotham  e Arrow.

Enquanto não estreia a série da prima do Superman, assista abaixo o Trailer.

video

segunda-feira, 11 de maio de 2015

AUTORES BRASILEIROS DE TERROR - ANDRÉ VIANCO

Antes de adotar Vianco como seu sobrenome artístico, - que homenageia a cidade de Osasco derivando da Rua Dona Primitiva Vianco - André começou a escrever profissionalmente para a rádio Jovem Pan na seção de humor. Tornou-se redator do departamento de jornalismo da rádio e por lá permaneceu por dois anos.
Seu primeiro best-seller foi Os Sete, lançado em 2000 Em 2001 a editora Novo Século se interessou por seu trabalho e re-publicou o livro.
Os Sete deriva diretamente do seu primeiro romance O Senhor Da Chuva de 1998. No livro, apesar da história estar relacionada diretamente a anjos e demônios, o autor criou uma personagem vampiro que, segundo o autor, teria sido pobremente explorado. A partir de então, André ficou com a ideia de escrever um romance em que vampiros seriam os protagonistas. Em seu primeiro roteiro, pré-escrita, os vampiros eram apenas dois e o título do livro seria "Os Dois". Porém André não se sentiu satisfeito e sua trama virou "Os Sete" (1999).[
Já dirigiu três curta-metragens, o primeiro intitulado "A Flor", baseado num conto de Carlos Drummond de Andrade, depois "A última partida", baseado em um conto de sua autoria e mais tarde, em 2012, o curta "Saia do meu quarto", roteiro de Estevão Ribeiro. Também produziu e dirigiu o piloto de seriado "O turno da noite" para TV em 2010. Hoje o escritor escreve para a Rede Globo.

Suas publicações até o momento são
 

 

 

 

 

 

 

 

 
:
 
1999
  - Os Sete (Novo Século)

2001
 - O Senhor da Chuva (Novo Século)

2002
 - Sétimo (Novo Século)
 - Sementes no Gelo (Novo Século)
 - A Casa (Novo Século)

2003
 - Bento (Novo Século)

2004
 - Vampiro-Rei – Volume 1 (Novo Século)

2005
 - Vampiro-Rei – Volume 2 (Novo Século)

2006
 - O Turno da Noite: Os filhos de Sétimo - Volume 1 (Novo Século)
 - O Turno da Noite: Revelações - Volume 2 (Novo Século)

2007
- O Turno da Noite: O Livro de Jó - Volume 3 (Novo Século)
- Vampiros do Rio Douro – Volume 1 (Novo Século)
- Vampiros do Rio Douro – Volume 1 (Novo Século)

2008
- Caminho do Poço das Lágrimas (Novo Século)
- Amor Vampiro (Giz Editorial) – Com outros autores

2011
- O Caso Laura (Rocco)

2012
- O Turno da Noite: Escuridão Eterna (Novo Século)

2013
- Crônicas do Fim do Mundo: A noite Maldita (Novo Século)
- Meus Pequenos Monstrinhos Vol. 1 – Zumbi: O Terrível Ataque das Rãs do Nepal (Rocco)

2014
- Meus Pequenos Monstrinhos Vol. 2 – Bruxa: Um Feriado Assombroso na Floresta (Rocco)

(fonte: Skoob, Wikipédia e blog do autor)

Contatos
Facebook: https://pt-br.facebook.com/andre.vianco.
Blog: http://blogdovianco.com

Até o próximo mês com a matéria sobre J. MODESTO